Como fazer uma dock para seu ipod de maneira fácil e barata

iPod Dock 5th Gen

Originally uploaded by little_goose

Segui as instruções deste link e fiz esta dock para meu iPod, gastei no máximo 15 reais (a fita da 3M é bem cara, mas também serve para muita coisa e se utiliza somente um pequeno pedaço dela). As imagens detalhando o processo se encontram no link e mais informações na página da foto no Flickr (clique na imagem acima).

Publicado em Dicas. Leave a Comment »

Edite suas fotos online com o Fotoflexer

O FotoFlexer é um site lançado recentemente que permite a edição online de imagens. Não espere nenhum photoshop, mas com certeza é melhor que muitas ferramentas que vêm pré instaladas no sistema operacional. Seja uma edição em cima da hora ou em um computador sem nenhum programa de edição instalado o fotoflexer é uma ferramenta inovadora que promete muito.
O Fotoflexer é gratuito e é necessário apenas criar uma conta para começar a usar.
Veja imagens do site/programa funcionando no post completo.
Leia o resto deste post »

Publicado em Dicas, Sites. 8 Comments »

Novos iPods

Sim, o evento de hoje anunciou novos iPods, e confirmou muitos rumores. Os novos lançamentos vão dês do massacrado iPod Fatty:

Dsc 7610
que é a nova versão do Nano, com 4 ou 8 giga, mais nova interface com coverflow (o efeito de ver as capas dos CD’s, como no iTunes).

passam por uma reedição do iPod Clássico:

Dsc 7634
com capacidade aumentada e novo design em metal

e o “eu já sabia mas tinha medo de que não aparecesse”, iPod Touch
Dsc 7640

que é basicamente um iPhone sem o telefone (ihul!) nas versões 8gb (299US$) e 16GB (399US$) com WiFi, touchscreen e ‘o melhor iPod que a Apple já fizemos’ (Steve Jobs).
Um inteligente movimento da Apple para proteger e manter em alta as vendas de iPods, já que com o iPhone não ter previsão de ser lançado em todo o mundo e (para os americanos) o criticado plano de fidelidade de 2 anos com a AT&T alguns consumidores poderiam estar deixando de comprar iPods apostando no desbloqueio ou simplesmente esperando a boa vontade da Apple e das operadoras para o lançamento em outros países.
Outros anúncios aconteceram hoje, como a loja iTunes Wi-Fi e ao meu ver o mais inovador / interessante é o “botão Starbucks”. Sempre que o usuário se aproximar de uma cafeteria starbucks, um novo botão aparecerá no iPod touch e através deste é possível ver a música que está tocando na cafeteria naquele momento e poderá compra-la direto da iTunes Music Store.
Dsc 7674
Além de tudo isso a Apple também diminuiu o preço do iPhone 8gb de US$599 por… US$399!
Impressionante! Assim os iPods não vão ‘roubar’ vendas dos iPhones, uma grande jogada.
E é isso, agora é esperar a Apple store voltar ao ar, checar os modelos mais de perto, ver os vídeos da apple (que geralmente são bem bonitos e dão uma vontade insana de desembolsar qualquer quantidade de dinheiro para ter o próximo ‘gadget dos sonhos’).
Adorei os anúncios, mas na minha humilde opinião, não fiquei super animado com o evento de hoje. Não que não tenham sido lançamentos de peso, mas eu esperava ser surpreendido mais. Estes iPods são apenas iPhones (mais ou menos parecidos) em outros formatos. Eu realmente esperava novos conceitos, e isso não ocorreu.
Fotos e cobertura do Engadget
read more | digg story

Technorati Tags: , , , , ,

Biblioteca digital Brasileira

Recebi este email num grupo da USP e mesmo não sabendo se o fato de ele estar em risco é um hoax (boato de internet) ou não, acredito que é muito legal divulgar:

Uma bela biblioteca digital, desenvolvida em software livre 🙂 mas que está prestes a ser desativada por falta de acessos.
Imaginem um lugar onde você pode gratuitamente:
· Ver as grandes pinturas de Leonardo Da Vinci ;
· escutar músicas em MP3 de alta qualidade;
· Ler obras de Machado de Assis Ou a Divina Comédia;
· ter acesso às melhores historinhas infantis e vídeos da TV ESCOLA
· e muito mais
Esse lugar existe!

O Ministério da Educação disponibiliza tudo isso,basta acessar o site:
www.dominiopublico.gov.br
Só de literatura portuguesa são 732 obras!
Estamos em vias de perder tudo isso, pois vão desativar o projeto por desuso, já que o número de acesso é muito pequeno. Vamos tentar reverter esta situação, divulgando e incentivando amigos, parentes e conhecidos, a utilizarem essa fantástica ferramenta de disseminação da cultura e do gosto pela leitura.
Divulgue para o máximo de pessoas!

Iracema Hiroko Iramina Arashiro

O site é bem desenhado, tem uma ferramenta de busca muito boa e um grande conteúdo. Para os vestibulandos de plantão, existem no catálogo vários textos e livros de Clássicos da literatura Portuguesa, como Machado de Assis, Raul Pompéia entre muitos outros.
O acervo se divide entre imagem, som, texto e vídeo, mas existem muitas subdivisões, como em texto, vai de Literatura de Cordel até Engenharia Aeroespacial, com livros, contos e teses, para professores o site pode ser de grande ajuda, com muitos programas da TV escola, que podem ser baixados e apresentados para os alunos.
O site têm sim alguns defeitos (os arquivos de som estão em MIDI? podia ser MP3 ou OGG, mas MIDI…) mas que não se sobrepõe à qualidade de seu acervo (principalmente o de textos), um site que merece atenção, não importando se é verdade ou não que ele pode ser desativado.

Technorati Tags: , , , , , ,

Fotografia e Open Source

Daguerre com

Quando pensamos em fotografia, raramente levamos em consideração um dos aspectos mais importantes para sua difusão e evolução como processo: o fato de ter sido registrada como patrimônio da humanidade.

A fotografia foi inventada por varias pessoas em lugares diferentes e distantes, uma não tendo o conhecimento do trabalho da outra. Um fato curioso mas possível Um de meus blogs de tecnologia preferidos falou sobre a invenção paralela de um recurso de interface gráfica por empresas diferentes. Alguns dos inventores da fotografia foram:

Hércules Florence (em 1832, em Campinas, São Paulo (!!! eu acho até normal um cara no Brasil inventar uma coisa antes de todo mundo e não ser reconhecido… lembra do Santos Dumont???) criou um processo para reproduzir rótulos (para leigos pode ser comparado com algo do tipo xerox, mas com processamento químico)

Nicéphore Niépce e Louis Daguerre (em 1839, em Paris, resultando no daguerreótipo, que produzia imagens formadas por partículas de mercúrio sobre uma superfície espelhada de prata num original único incapaz de gerar cópias)
William Fox Talbot (em 1840, na Inglaterra, criou o calótipo que inicialmente era mais rápido que o daguerreótipo (precisava de menos tempo de exposição para gerar uma imagem, mesmo assim algo perto de um minuto) e capaz de gerar várias cópias a partir de um original)

(mais informação aqui)

O que diferenciou estes processos? O processo de Florence não foi difundido, talvez por falta de visão de mercado dele próprio; Talbot registrou seu processo exigindo que quem o utilizasse o pagasse pelo uso; Daguerre vendeu os direitos de uso para o governo da França, que tornou o processo patrimônio da humanidade, portanto livre para o uso de qualquer pessoa, sem necessidade de pagamento dos direitos. O resultado: o daguerreótipo foi utilizado e difundido no mundo todo, o calótipo foi usado somente na Inglaterra, mesmo assim com alto índice de pirataria, o processo de Florence, bom… simplesmente não rolou.

A difusão do daguerreótipo resultou na releitura de seu processo por várias pessoas, gerando uma infindade de processos diferentes (alguns deles listados e exemplificados com a possibilidade de visualização de imagens aqui) e logo em evolução tecnológica (não preciso falar que da fotografia veio o cinema, e do cinema a televisão e assim vai…). Aí que entra a idéia de open source: tornar a estrutura dos softwares aberta aos usuários, de forma que estes possam desenvolver o programa a partir do que já foi feito, buscando como resultado o aperfeiçoamento da relação entre o homem e os computadores, isso tudo gratuitamente, facilitando também a difusão destes softwares.

Publicado em Artigos. 1 Comment »

Fundador do Ubuntu Mark Shuttleworth é entrevistado pelo Lifehacker

Um dos meus blogs favoritos é o Lifehacker, e anteontem Mark Shuttleworth concedeu a eles uma entrevista muito interessante (infelizmente apenas em inglês, se alguém quiser em Português peça nos comentários que eu posto uma tradução -o melhor que eu puder-). A entrevista é muito interessante pois Shuttleworth foi uma das figuras mais importantes no mundo linux (na minha opinião) nos últimos anos. Ele foi o primeiro a ter a visão de que o linux e suas distribuições simplesmente não estavam ao alcance do consumidor final, e o Ubuntu é a primeira distribuição de linux voltada inteiramente a isso (veja o significado de Ubuntu para entender). Recentemente fez um grande acordo com a DELL para vender computadores com Ubuntu instalado (anteriormente a Dell apenas vendia computadores com Windows pré-instalado). A entrevista mostra exatamente isso, um homem com uma grande visão de mercado e que tem muitas idéias interessantes para mostrar.
O primeiro Link leva à entrevista e o segundo para o Digg.
read more | digg story
Só para deixar marcado aqui, eu já fui usuário do Ubuntu Linux por muito tempo e recomendo à todos, possui uma grande e amigável comunidade, sempre pronta para ajudar e é realmente fácil de ser utilizado ( o que não quer dizer que o usuário não precise aprender nada, sempre que se muda de sistema operacional estranhamentos acontecem ). Mudei de sistema operacional para testar o Mac OSX ( e adoro ), mas se tivesse que voltar para um “não-mac” com certeza utilizaria Ubuntu Linux.